Quando fazer compressa quente ou fria

As compressas frias diminuem o fluxo sanguíneo do local em que é aplicada, ajuda a desinchar, e possui efeito analgésico que se inicia após 5 minutos de uso, podendo ser usada até 48 horas após injeção, em caso de dor de dente, pancada, torção, dor no joelho e quedas.




A compressa morna ou quente promove o aumento do fluxo sanguíneo local, aumenta a mobilidade e promove o relaxamento, podendo ser feito em algumas situações, como:

- Dor muscular;

- Hematomas;

- Furúnculo e terçol;

- Torcicolo;

- Antes da atividade física.


A compressa quente ou morna pode ser colocada nas costas, no peito ou em qualquer local do corpo que seja necessário aumento do fluxo sanguíneo, no entanto não é recomendado que seja feita quando se está com febre, por exemplo, pois pode haver aumento da temperatura corporal.


A compressa morna pode ser utilizada de 3 a 4 vezes ao dia, durante 15 a 20 minutos, mas deve sempre estar enrolada num outro tecido, para que a pele não seja queimada.


As compressas frias com gelo promovem a diminuição do fluxo sanguíneo da região, diminuindo a inflamação e a dor, além de evitar o aparecimento de hematomas. Assim, esse tipo de compressa é indicada para:

- Após pancadas, quedas ou torções;

- Depois de tomar injeção ou vacina;

- Na dor de dente;

- Na tendinite;

- Após a atividade física.


Para fazer uma compressa fria em casa, aplicar na região dolorida durante 15 a 20 minutos.


Matéria completa: https://www.tuasaude.com/quando-usar-compressa-quente-ou-fria/


#compressa #compressaquente #compressafria #fisioterapia #fisioterapeuta #saude

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo